Fátima do Sul: Guerra contra o Corona não pode esfriar
26 MAI 2020
Por Arceno Athas
00:00

Imagem ilustrativa do COVID-19.
Infelizmente, os últimos 15 dias não foram nada favoráveis para Fátima do Sul, em matéria de coronavírus, como vinha sendo desde que a praga pegou feio no Brasil. Ficamos dois meses com apenas dois casos de contágio, que não se confirmaram. De repente, entramos no circuito do mal e já estamos com mais de 30 casos, todos  trazidos de fora e confirmados, especialmente de trabalhadores no frigorífico da JBS em Dourados e que residem aqui.

Tudo vinha bem,  apesar do comportamento nem sempre correto da população e de alguns comerciantes no começo do controle. Agora  acabou a calmaria. Com o objetivo de não ter mais surpresas no meio do caminho, ninguém está circulando mais sem a utilização da máscara protetora do contágio. É uma forma de tranquilizar os habitantes de Fátima do Sul, que não havia registrado até a metade do mês nenhum caso grave do Corona; só dois ou três suspeitos, todos  não confirmados.

É importante lembrar os senhores comerciantes da cidade, associados ou não, que continuem a praticar ações rigorosamente dentro do que se recomenda, a fim de subtrair quaisquer possibilidades de contágio. Fará bem para o próprio comerciante, que permanecerá com sua empresa aberta, e para a população, que não deixará de consumir.